Pesquisa de mercado: por que entender os hábitos do seu consumidor?

Todas as decisões que envolvem um negócio carregam um nível de incerteza e a pesquisa de mercado é uma excelente aliada na administração desse risco. Afinal, alguns erros podem comprometer a reputação do seu negócio por tempo indeterminado.

Para evitar que isso aconteça, é fundamental investir na investigação de vários aspectos do mercado, principalmente no comportamento do seu público. Sabemos que conhecer o consumidor é obrigatório para as marcas que pretendem se destacar e ampliar o seu alcance.

Se você ainda não está convicto de que entender os hábitos dos consumidores por meio da pesquisa de mercado pode trazer uma vantagem competitiva para o seu negócio, continue lendo este artigo! A seguir, selecionamos as maiores vantagens em realizar essa análise imediatamente. Vamos lá?

1. Tenha uma visão ampla do mercado

Mesmo que o público-alvo seja o foco da pesquisa, sabemos que o mercado como um todo precisa ser avaliado. Dessa forma, analisar a concorrência é um dos pontos mais importantes nesse estudo.

Portanto, procure entender quais são os pontos de destaque dos concorrentes e onde eles podem estar errando. Desse modo, é possível avaliar o que pode ser implementado ao seu negócio de maneira ainda mais eficiente.

Vamos imaginar que durante a pesquisa você percebe que algumas empresas do seu segmento já estão utilizando o Inbound Marketing para comercializar softwares ERP. Sendo assim, é importante estudar mais a respeito dessa estratégia para colocá-la em prática na sua empresa.

2. Utilize os hábitos do consumidor a favor do negócio

Nunca foi tão importante entender o caminho que um potencial cliente percorre antes de comprar o seu serviço e quais são os seus costumes — isso porque ao conhecer bem o seu consumidor é possível criar experiências personalizadas e relevantes.

Com esses dados você pode descobrir, por exemplo, que o seu público acessa mais o LinkedIn que o Facebook e pode concentrar os seus esforços de publicidade na primeira opção. Isto é, com a pesquisa de mercado a empresa consegue visualizar melhor como aplicar os seus recursos sem desperdiçar tempo e dinheiro.

Além disso, a pesquisa ajuda a entender bastante que tipo de conteúdo pode ser útil para o seu público ao longo da jornada de compra. Você pode constatar que a gestão de estoque é um desafio que muitos enfrentam e, por isso, é interessante criar um artigo sobre o assunto.

3. Entenda os motivadores emocionais da decisão de compra

Sem dúvidas, as emoções interferem e muito no processo de decisão de compra. Inclusive, o neuromarketing, que é o conjunto formado por ciência e técnicas de marketing, avalia os processos cerebrais quando as pessoas estão expostas a algumas estratégias de propaganda.

A partir dessa avaliação da mente do consumidor é possível entender como ele se comporta em diferentes estímulos e quais são os verdadeiros motivos que o levam a comprar. Apesar de as pesquisas convencionais ainda serem eficientes, não é possível compreender a fundo o comportamento do consumidor apenas com dados demográficos.

Por essa razão, o neuromarketing ganha cada vez mais notoriedade, pois permite extrair valiosos insights sobre as reações neurológicas das pessoas e as emoções mais íntimas que estimulam o consumo.

Quando as empresas compreendem o seu público por meio dessa técnica, é possível direcionar com muito mais eficácia as estratégias de marketing digital — seja utilizando gatilhos mentais nos anúncios ou aplicando táticas de storytelling dentro do site. Todas essas táticas, quando orientadas para o verdadeiro hábito do consumidor, tendem a proporcionar um retorno sobre o investimento muito mais significativo.

4. Reduza o custo de aquisição de clientes (CAC)

Outra vantagem em entender os hábitos do seu público é a redução do custo ao adquirir um novo cliente. Quando uma empresa identifica como as pessoas se comportam após o primeiro contato com a sua marca, pode tornar o processo comercial ainda mais efetivo.

Um exemplo disso seria uma constatação de que o consumidor que entrou no site e fez uma primeira cotação ainda precisa adquirir mais confiança na empresa. Em vez de o comercial entrar em contato em vários momentos, os vendedores podem enviar e-mails estratégicos com conteúdos relevantes, mostrando alguns cases do segmento desse potencial cliente. Essa postura contribui bastante para educar esse consumidor e quando o time comercial entrar em ação, ele estará mais propenso ao consumo.

Consequentemente, essa atitude economiza tempo dos vendedores e a abordagem se torna muito mais assertiva. Afinal de contas, o potencial cliente será abordado na hora em que estiver mais confiante com relação à empresa e às soluções oferecidas.

5. Tenha uma persona definida

Embora as informações sobre público-alvo sejam muito importantes em todo o planejamento de marketing, definir uma persona é essencial. Ou seja, por meio das informações adquiridas na sua pesquisa, é possível criar um personagem que represente o cliente ideal da sua empresa.

Ao contrário das informações superficiais apresentadas na definição do público-alvo, para criar uma persona é preciso reunir dados sobre o seu comportamento. Isso facilita a produção de um conteúdo de valor e a criação de todas as estratégias relacionadas ao marketing.

6. Transforme-se em uma autoridade respeitada no mercado de atuação

Compreender os hábitos do consumidor, conforme mencionamos no tópico anterior, é fundamental para o marketing de conteúdo. Isso quer dizer que quanto mais você conhecer o seu público, mais específico o seu conteúdo será.

Como resultado, o conteúdo ajuda a persona a resolver questões muito particulares e isso ajuda a criar uma relação de confiança. Assim, os consumidores passam a considerar a sua empresa como uma referência confiável no segmento.

Em longo prazo, as chances de conquistar novos clientes só aumentam, uma vez que as pessoas compram apenas das marcas em que elas confiam. Certamente a produção de conteúdo é uma aliada muito poderosa para gerar essa credibilidade perante o público!

Ficou claro que a pesquisa de mercado é fundamental para conhecer melhor os hábitos do consumidor. No entanto, a apuração dos dados é ineficiente sem o poder da tomada de decisões. Para que esse estudo te ajude a criar transformações incríveis no seu negócio, é preciso extrair informações dos dados levantados e traçar um cronograma de ações.

Gostou do nosso conteúdo sobre pesquisa de mercado? Então curta a nossa página no Facebook e acompanhe toda as nossas atualizações sobre o universo de marketing digital!

Deixe um comentário