Marketing digital – Absolutamente TUDO que precisa saber

O que é Marketing Digital?

Marketing digital nada mais é do que a utilizar os meios digitais para fazer a promoção de uma marca na internet. Esse conjunto de estratégias difere do marketing tradicional pois envolve canais online e os resultados podem ser medidos e analisados em tempo real.

A internet está ligado ao nosso cotidiano de tal forma que já em 2015, segundo uma Pesquisa Brasileira de Mídia 2015 Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República – Hábitos de consumo de mídia pela população brasileira, o internauta brasileiro passava mais tempo conectado à internet do que na frente de uma televisão ou escutando rádio. Em posse dessa afirmação, podemos ver que investir em estratégias digitais para promover uma marca e seus produtos é uma estratégia a ser levada em consideração.

Analise seus próprios hábitos. Suponha que quer um remédio mas não sabe qual farmácia está aberta, ou quer experimentar comida tailandesa mas nem sabe se na sua cidade tem esse tipo de oferta. Onde vai procurar?  Se assim como eu, você respondeu google, saiba que 90% da população brasileira iria responder assim também. Agora vamos além, se você achou o produto que queria através da internet, podemos dizer que sua jornada de compra mudou. Ao invés de esperar pela informação, a tendência é que cada vez mais o consumidor vá atrás da informação.

Seja procurando preço (quando já se sabe o que se quer), seja procurando determinados serviços ou produtos ( quando estamos procurando uma solução para nosso problema) ou ainda descobrir mais sobre nosso problema ( não conhecemos a solução ainda) é fato inegável que a internet ajudou a modificar nossa jornada de compra. Fazer essa promoção da marca ou dos produtos é o que chamamos de marketing digital.

O Marketing Digital acaba com o Marketing Tradicional?

Não. O marketing digital é uma extensão do marketing tradicional. Apenas é feito dentro do meio digital. Sites, redes sociais, uso de smartphones e seus inúmeros aplicativos, o bom e velho email. Ao usar algumas dessas ferramentas, está fazendo marketing digital!

No passado, buscar informações sobre produtos ou serviços era muito demorado. Você tinha que ir atrás de uma empresa, que viu na televisão, ou alguma outra publicidade como outdoor, anúncio de revista, jornal ou spot de rádio. Chegado na empresa tinha que ouvir um vendedor, nada imparcial, falar sobre sua solução. Mais ainda assim, precisava comparar com os concorrentes. Imagine o tempo que isso demandava!

Com o digital, o consumidor consegue fazer tudo isso sem sair de casa. Com as estratégias certas como SEO, Inbound Marketing, Marketing de Conteúdo e o uso de redes sociais, qualquer empresa consegue visibilidade na rede, desde que atue da maneira correta no meio digital. Ao contrário dos exemplos citados acima do chamado marketing tradicional, qualquer empresa consegue fazer marketing digital.

Outra grande característica do Marketing Digital é a facilidade de analisar e mensurar os resultados. Imagine que está num barco e começou uma ventania. Se conseguir entender o vento e ajustar as velas, rapidamente poderá chegar a bom porto. Se, por outro lado não tiver como fazer isso, poderá estar gastando muita energia para não sair do mesmo lugar. O digital lhe permite ajustar suas campanhas em tempo real

E esse tal de Digital surgiu quando?

Como já citamos acima, o digital surgiu por volta dos anos 1990. E como era antes disso?

Na chamada Web 1.0 a comunicação na internet era unilateral isto é, a empresa fazia o site, o consumidor encontrava o site que queria, mas não existia nenhum tipo de interação entre consumidor e marca. A internet era basicamente uma biblioteca. Uma tonelada de bits de conteúdo porém não era possível modificar esse conteúdo ou pelo menos ser um agente de mudança.

Com o advento da Web 2.0 começou a ser possível ao consumidor começar a produzir conteúdo e influenciar outros consumidores. Começaram a surgir anúncios clicáveis e desde então o marketing digital evoluiu bastante desde sua criação, até ao ponto que o conhecemos hoje.

E como o conhecemos hoje? Um conjunto de ferramentas e estratégias para fazer chegar a mensagem certa à pessoa certa no momento certo.

Vantagens do Marketing Digital

Como pudemos ver acima e com base em nossas experiências, o marketing digital está crescendo e a tv e o rádio estão ficando para trás. Esse dado pro si só já poderia nos dar levar a fazer marketing desta forma. Mas, além disso existem outras vantagens de fazer marketing digital como vamos ver a seguir:

1.Comunicação

Eu nunca vi ninguém reclamar com um outdoor sobre alguma característica do produto ou algum posicionamento da marca sobre determinado assunto. Você já viu?

Pois é, ao ser impactado com uma publicidade tradicional você não consegue facilmente se comunicar com a empresa em questão. Já no digital, você não só consegue como isso é uma prática bastante comum! Os consumidores e as empresas conseguem comunicar entre si 24 horas por dia e as vezes até em tempo real. Isso é fantástico!

Assim, qualquer mal entendido pode ser resolvido praticamente na hora e conseguimos fazer uma gestão da imagem da marca de maneira mais efetiva.

2.Alcance

Apesar de ser pouco utilizado hoje em dia, o prefixo www. significa worldwideweb ou rede mundial de computadores. Atentou na palavra em negrito? Pois é, mundial! A sua “praça” é, literalmente o mundo. Um outdoor em Recife apenas impacta o Recifense, que estiver passando nesse ponto, se for bem feito, se tiver tempo de ler tudo ao passar. É muito se não é?

3. Interatividade e contato direto com o público

As estratégias de marketing digital permitem que a empresa esteja em contato direto com o público, criando e fortalecendo os relacionamentos. Esse contato também gera um maior conhecimento do público-alvo, possibilitando o planejamento e execução de ações com foco no cliente, além de atender melhor suas necessidades.

Lembre-se que os relacionamentos podem fazer a diferença no seu negócio. Um cliente que se sente importante para a empresa, que tem suas necessidades atendidas e suas expectativas superadas, pode se tornar um embaixador da marca, atraindo novos consumidores.

4. Dados, dados em todo o lugar

Qualquer que seja o meio, uma ação de marketing tem por objetivo impactar o consumidor. E se você conseguir ir além do impacto e coletar informações sobre o consumidor? Essas informações são uma mais valia para qualquer empresa. Em posse delas pode identificar melhor sua persona, pode adaptar seu planejamento digital.

Podemos ir até mais além e ver outro benefício ao coletar e usar esses dados: economia de tempo e dinheiro. Saímos da base do achismo e montamos campanhas com dados sólidos que podem trazer mais retorno sobre o investimento.

5. Segmentação

Lembra da mensagem certa, para a pessoa certa, no momento certo? Com a possibilidade de segmentar o público de maneira precisa, você consegue investir melhor e explorar melhor as diferentes segmentações criadas para conseguir se comunicar de maneira eficiente com seu público.

Ainda consegue reduzir o investimento em campanhas digitais, evitando assim, que o seu dinheiro seja desperdiçado.

Como fazer Marketing Digital

Qualquer ação que você fizer usando o meio digital para promover sua marca ou produto, é Marketing Digital. Assim, fazer Marketing Digital pode ir desde enviar uma newsletter até fazer um post no Facebook. Qual a melhor maneira então de trabalhar o digital? A resposta é depende. Existem vários fatores para analisar, desde o público-alvo até aos resultados que você espera. No entanto, existem algumas estratégias que consideramos serem mais efetivas e por isso mesmo são usadas pela grande maioria das empresas. São elas:

  1. Email marketing
  2. Marketing de conteúdo
  3. Redes Sociais

1.Email Marketing

Email marketing é o envio de uma mensagem promocional ou institucional diretamente para um grupo de pessoas. O conteúdo dessa mensagem varia de acordo com o objetivo da campanha. Se for de apelo promocional pode oferecer promoções, ofertas exclusivas de compra pro esse canal, etc. Se for institucional o objetivo é estreitar seu relacionamento com o cliente, inspirando confiança.

Existem 2 tipos de lista de email marketing que pode usar: as compradas e as construídas (base de leads própria). O recomendado é trabalhar na construção de sua própria base e não comprar listas fechadas. Além de não saber se aqueles emails estão válidos, tem todo tipo de email ali e muito provavelmente esses leads adquiridos não serão fit para a sua empresa.

Comparado com outros canais digitais,  email marketing é barato e rápido porém pode ser considerado invasivo pelo destinatário. Isso pode ocorrer devido a 2 fatores. O primeiro é que o potencial cliente ainda não está no momento certo para receber aquele email e o segundo é que seu email não tenha apelo suficiente para que o destinatário o abra.

Podemos trabalhar o apelo através do visual e o apelo linguístico. Emails com imagens tendem a ter um apelo maior do que um email de texto puro porém não são indicados para emails introdutórios. Já a linguagem formal, ao contrário do que se pode imaginar não traz um maior apelo. Tente sempre escrever de forma casual, gera empatia e uma comunicação mais gentil e humanizada. Assim conseguirá tocar o emocional do destinatário. Resumindo, use imagens, mas não em emails iniciais e escreva de maneira casual. Combine estes 2 fatores de modo a ter uma taxa de abertura de email satisfatória.

Falando em taxa de abertura, esta é uma métrica extremamente importante! É ela que mede a efetividade e traz relevância ao canal. Imagine o desperdício de tempo se você investir nesse canal e ninguém estiver abrindo seus e-mails. Por isso, faça testes A/B em suas campanhas e veja qual o assunto e tipo de linguagem atraem mais o lead fazendo-o abrir o email e aumentar sua taxa de conversão.

2.Marketing de Conteúdo

Marketing de conteúdo é produzir conteúdo com o intuito de engajar com seu público-alvo e  conseguir assim autoridade no seu segmento, gerando confiança na sua marca e assim manter sua base de clientes, além de conseguir inclusive aumentar essa rede. Mas atenção, não é qualquer tipo de conteúdo. Tem que ser conteúdo relevante para o público que atraia e consiga manter a atenção do seu público, afim de gerar valor para as pessoas.  Tem que ser também um conteúdo relativo ao seu mercado e de acordo com a jornada de compra de sua persona. Tem que antecipar as dores e problemas que a persona pode encontrar e que sua empresa pode resolver.

Deste modo, o público tem um sentimento positivo de sua empresa e isso acaba gerando mais vendas.

Qual a importância desta estratégia pra o marketing digital?

Ao produzir conteúdo estamos mudando o polo de informação sobre o produto da empresa para o consumidor. Assim ele se sente mais confiança na hora de considerar as soluções para o problema dele sem sequer sair de casa. Quantas vezes você, leitor, quis comprar algo e pesquisou na internet. E quantas vezes findou por comprar na internet? Se você faz, pode ter certeza que outros também o fazem.

Mesmo fazendo tudo isto, temos que atentar que o produto é apenas a etapa final deste processo. Para fazer o potencial cliente chegar a comprar o produto temos que ir fornecendo a ele toda a informação que ele necessita para se sentir seguro e fechar a compra. Então, a estratégia de conteúdo, terá que contemplar toda a jornada de compra de modo a fazer o consumidor percorrer toda nossa jornada de compra.

Deste modo, independentemente do momento que o consumidor está, sua empresa terá um conteúdo perfeito para ele. Lembra do entregar a mensagem certa, na hora certa, para a pessoa certa? Pois é, acabamos de explicar como fazer isso!

Agora, pode se estar perguntando: que danado é isso de conteúdo?

A resposta é simples. Todo tipo de material que você puder fazer! Este blog post é uma forma de conteúdo. Você está lendo um blog. Mas você poderia estar vendo um vídeo no YouTube falando sobre isso, ou ainda ouvindo um podcast sobre marketing digital. Poderia estar lendo um ebook ou um guia rápido explicando melhor e mais detalhadamente. Poderia também estar vendo um infográfico aqui ao invés deste texto todinho.

Acho que deu para entender, mas sintetizando, conteúdo pode vir na forma de:

  • Blog – conteúdo escrito;
  • Vídeos, webinares – conteúdo audiovisual;
  • Podcasts – conteúdo na forma de áudio;
  • Ebooks, guias rápidos – conteúdo escrito também chamado de materiais ricos: material que sua empresa utiliza no dia a dia e que pode facilitar a vida do seu cliente. Normalmente usado como moeda de troca. Você oferece esse material numa Landing Page em troca das informações como nome e email do visitante;
  • Infográficos – conteúdo visual.

3.Redes sociais

Existem inúmeras redes sociais e provavelmente você está inserido em algumas.

As mais usadas são Facebook, Instagram,Twitter e LinkedIn, sendo esta última uma rede social voltada para o mundo corporativo.

Redes sociais são um canal efetivo para aproximar a sua empresa/marca do seu consumidor. Isso quer dizer que sua presença nas redes é obrigatória, uma vez que estar presente nesses canais não é mais um fator diferencial. O verdadeiro diferencial é estar presente e saber utilizar essa presença de maneira correta.

Temos aqui no blog um post bem legal sobre redes sociais e lá você pode se aprofundar mais sobre o assunto.

Temos também um ebook sobre o Facebook que você poderá encontrar dicas valiosíssimas aqui.

E já que estamos falando de ebooks ( olha ai uma das formas de conteúdo mencionadas lá em cima ) pode ver estes dois também, um sobre mitos do marketing digital e outro sobre como fazer campanhas otimizadas no Facebook.

Existem ainda outras estratégicas com o SEO  e links patrocinados que podemos também trabalhar no marketing digital.

Se reunirmos todas essas estratégias  estamos utilizando Inbound Marketing, uma poderosa estratégia de marketing digital que vai alavancar suas vendas como pode conferir no link.

De nada adianta saber tudo isso se não conseguir colocar em prática através de um bom planejamento digital. Cobrimos um pouco sobre o assunto aqui.

Bom, agora que sabemos o que é marketing digital, como fazer, sabemos planejar, quais as vantagens de trabalhar com o digital? Bom, as vantagens são bastantes e neste artigo falamos sobre isso.

E você está pronto para trabalhar o Marketing Digital da sua empresa? Conta para nós nos comentários se ficaram dúvidas, ou deixa alguma sugestão sobre o assunto.

Deixe um comentário