Seu ramo tem restrições para trabalhar marketing digital?

O tempo em que as empresas ficavam sentadas com a bunda na cadeira esperando os clientes baterem à sua porta já se foi. A concorrência hoje tá osso pra todo lado e quem não aparece, não acontece.

Sabemos que o marketing digital pode ajudar e muito qualquer empresa porém, existem ramos que têm restrições para trabalhar o Marketing Digital. E, nesse caso, como proceder? Neste post mostraremos algumas classes que têm restrições e o que fazer nesse caso.

Primeiros passos

Um dos primeiros passos quando uma pessoa tem um negócio e resolve entrar no mundo digital, é criar uma página em alguma rede social, normalmente Facebook e/ou Instagram  para começar a formar seu público afim de tornar a sua marca reconhecida e daí geralmente se corre para as redes que estão em alta né verdade?
Mas dentro desse contexto existem vários impasses: é a rede apropriada para você e seu produto/serviço? É a melhor opção de fato para seu negócio? Você pode fazer publicidade paga na internet? Advogados por exemplo, tem um monte de restrições na hora de usar todas as ferramentas digitais. Se não pode qual a alternativa?

Quais ramos tem restrições para trabalhar o Marketing Digital?

Médicos

Médicos tem restrições severas para a publicidade digital. Apenas em 2015, o conselho de ética, que inclusive lançou um Manual de Publicidade Médica, permitiu que clínicas pudessem colocar os endereços e telefones em perfis de redes sociais. A tendência é a lei e as diretrizes irem se adaptando, então procure o conselho regional de sua classe para saber o que é válido e o que não é para que possa estar dentro da lei.

Dentista

Outra classe bastante penalizada em relação ao digital são os dentistas. A  publicidade para o dentista é regida pelo capítulo XIV do Código de Ética da área, e pelo Artigo 7º da Lei 5.081/66, que regulamenta o exercício da Odontologia no Brasil. Mais uma vez, devido à rapidez com que a lei pode ser atualizada, procure o seu CRO para tirar todas as dúvidas em relação a isso.

Advogado

Como já mencionado acima, advogados têm restrições ao tipo de publicidade que podem fazer. O ideal neste caso é, mais uma vez, procurar a OAB de seu estado para ser orientado em relação ao digital.

Outras classes

Não apenas as supracitadas que têm restrições. Caso haja alguma dúvida se sua atividade tem restrições para trabalhar o marketing digital, procure o conselho de sua atividade.

Mas e aí? Faz como?

Caso seu ramo de atividade não encontre barreiras para usar as estratégias de marketing digital, pode passar esse post adiante. Ele não é pra você! Como sugestão eu te deixo com esse aqui ó: Como se destacar da concorrência. Corre lá e aproveita.

Mas se você faz parte dessa parcela que fica de mãos atadas, pega a pipoca e senta que hoje eu vou explicar tim tim por tim tim de como fazer a coisa.

O que fazer?

Primeiro de tudo, analise o que você faz.

Médico? Advogado? Serviços Contábeis? É meu amigo… “tamo tudo junto”. Quando a gente diz pra você analisar é exatamente o que você tem hoje e onde quer chegar. Por que eu tô falando isso?
Vamos supor que você é dentista mas ainda não atinge o público alvo que deseja. Precisará, em primeiro lugar,  fazer um planejamento de marketing digital, levando em considerações as restrições que o conselho impõe.

É nesse planejamento que, independentemente do seu ramo, restrições ou não, que você vai identificar onde seu público está, como ele se comporta, definir sua persona e até o orçamento para colocar em ação a estratégia definida.

Escolher a rede social certa é essencial. Assim como ter um site institucional com blog. Usaremos as redes sociais para levar audiência para o seu site, o SEO para aumentar as chances de ser encontrado pelo Google e, principalmente, definir uma boa estratégia de marketing de conteúdo para assim ter informações relevantes para o público que quer atingir.

Por que O CONTEÚDO é mais importante?

Esse vai ser o pulo de gato de cada um de vocês. E não existe nenhum a restrição a publicar artigos na internet, desde que se respeitem as diretrizes de cada conselho. Além do mais, todo esse processo, visa aumentar o tráfego orgânico, então não  envolverá nenhum valor financeiro com o intuito de publicidade paga.
Hoje o conteúdo é o rei da internet e milhões de buscas são feitas a cada segundo sobre todo tipo de assunto. Quando você começa a criar conteúdo ou até fazer uma curadoria e gerenciamento, você está se tornando interessante, criando autoridade e principalmente sendo relevante para quem está do outro lado da tela. As pessoas buscam informações todos os dias então é bacana também investir em formatos diferentes. Além de textos, você pode produzir vídeos comentando certa situação, podcasts, chamadas ao vivo, criar um grupo de discussão sobre certa pauta e por aí vai…

O importante aí é sempre trazer inovação e ser constante. Não adianta fazer um conteúdo hoje e outro daqui a dois meses, depois faz de novo em três semanas seguidas e deixa de mão… Seja constante, assim seu público saberá que sempre terá informação legal em seu espaço.

O segredo desse pulo do gato é que seu publico chega até você pelo que você produz e não por conta de uma propaganda paga. Ele é atraído. Ele chega mais aberto e curioso visto que buscou o que você tem a oferecer e vai ter mais atenção com aquilo que você tem a dizer.

Mas prestenção aqui ô! Não é instantâneo viu? Não adianta chegar pensando “Há! Eu fiz 4, 5 meses de postagens e um monte de conteúdo, segui tudo direitinho e não veio nenhum cliente!”. O trabalho é de formiguinha e é importante sempre avaliar e reavaliar o que tem sido feito. Quanto você tem alcançado e claro ver a junção disso com as suas ações offline. Não adianta ter um conteúdo lindo e seu serviço ser ruim ou ineficaz né?!

No mais, fique sempre atento as atualizações das leis de cada área. Como elas tem recebido algumas inovações é legal estar atento para aproveitar da melhor maneira possível e no timing certo.Tem muito perfil aí que faz o que não pode e aparentemente não é punido. Porém começar errado definitivamente não é uma opção. Agora que sabe que mesmo tendo restrições para trabalhar o marketing digital pode fazê-lo, é hora de meter a mão na massa e chegar onde sempre quis!

Gostou de nosso artigo? Não deixe de se inscrever em nossa newsletter e aprender mais sobre marketing digital e como ele pode aumentar seu faturamento. Acha que podemos lhe ajudar em algo? Entre em contato.

Deixe um comentário