O que é Inbound Marketing e como ele vai alavancar seu negócio?

Sabemos que o desejo da maioria das empresas é atrair e reter clientes com o menor custo possível. Por essa razão, muitos negócios estão adotando as estratégias do Inbound Marketing, um novo modelo que vem revolucionando a maneira de fazer marketing no mundo.

Quer saber mais sobre como esse método pode alavancar seu negócio? No artigo de hoje, explicamos o que é Inbound Marketing, além de contar quais são suas maiores vantagens e como ele funciona, passo a passo. Confira!

Mas afinal, o que é Inbound Marketing?

Esse novo modelo de marketing consiste em ganhar o interesse dos potenciais clientes por meio de um conteúdo de valor. Ou seja, em vez de bombardear os consumidores com mensagens invasivas a todo o momento, a empresa passa a ser relevante para o seu público.

Dessa forma, são as pessoas que vão até a empresa e não o contrário, como no modelo tradicional de marketing. A ideia é captar a atenção do público que tem interesse e potencial para adquirir as soluções oferecidas pelo negócio de forma mais espontânea, oferecendo um conteúdo que resolva os problemas desses consumidores.

Agora que você já descobriu o conceito do Inbound, é preciso conhecer os principais benefícios que ele oferece para o seu negócio. Vamos lá!

Como ele ajuda a aumentar as vendas?

O objetivo de qualquer negócio é elevar o volume das vendas — e é exatamente isso que o Inbound faz de maneira mais eficiente. Ao contrário das táticas convencionais, com esse método, a empresa filtra o lead certo para o negócio no momento mais oportuno.

Nesse contexto, é preciso, primeiramente, ter um site de qualidade para garantir uma presença digital bem-sucedida. Porém, sabemos que isso não é o bastante para gerar vendas: é preciso conquistar uma audiência com conteúdo de qualidade.

Esse é o primeiro motivo pelo qual o Inbound é a estratégia mais recomendada. Por meio de algumas ações, esse método ajuda o seu negócio a conquistar um volume de tráfego significativo de potenciais clientes para o seu site.

Consequentemente, as oportunidades de gerar vendas são mais qualificadas e, por isso, tendem a trazer mais resultados. É um processo que busca atrair, converter, engajar, para depois vender, alcançando quem realmente tem potencial para adquirir as soluções oferecidas.

Isso ocorre porque, depois de entrar em contato com conteúdos que solucionem algumas de suas dificuldades, seu público cria uma relação com o seu negócio. Sendo assim, sua marca é fortalecida e, quando o consumidor precisar contratar o serviço que sua empresa oferece, certamente ele vai priorizá-la.

Como o Inbound Marketing reduz o CAC?

Obter o contato de um potencial cliente, ou seja, gerar leads é mais acessível por meio das práticas de Inbound Marketing. É isso que mostra uma pesquisa realizada pela Hubspot, que revela que a geração de leads é 47% mais barata por meio do Inbound do que por meio do marketing tradicional.

Além disso, o custo de aquisição de clientes (CAC) é menor com esse método porque, por meio do Inbound, o seu negócio consegue classificar as pessoas que ainda não estão prontas para comprar. Dessa forma, elas serão nutridas por conteúdos e, quando o time de vendas entrar em ação, os consumidores já estarão mais propensos à compra.

Isso significa que o esforço da equipe comercial será menor para convencer o lead, o que gera uma economia de tempo dos funcionários envolvidos — sem falar que evita o desperdício de investimento em um público que ainda não está na fase de compra.

Como o Inbound ajuda a fidelizar os clientes?

Sem dúvidas, captar clientes novos é essencial, mas retê-los também é indispensável para a saúde do negócio. Por esse motivo, investir no Inbound é uma excelente solução para se relacionar com quem já adquiriu seu produto ou serviço e criar defensores da sua marca.

O envio de e-mails automatizados, por exemplo, é uma das táticas utilizadas no Inbound para se aproximar dos clientes de maneira personalizada e mais eficiente que a convencional.

Mantê-los informados sobre os novos recursos do serviço adquirido ou, ainda, divulgar descontos especiais para os clientes mais antigos pode ser uma excelente solução para fidelizar.

Como funciona o Inbound Marketing?

Para o Inbound acontecer de forma eficiente, é preciso considerar que o consumidor deve percorrer algumas etapas antes de se tornar cliente da sua empresa.

Essa jornada de compra representa o trajeto desde o primeiro contato com a marca até a contratação do seu serviço. A seguir, exemplificamos as fases da aplicação do Inbound. Acompanhe!

Atração

Nesse momento, o foco é atrair o maior volume de pessoas para o seu site. As táticas mais utilizadas estão relacionadas ao SEO (Search Engine Optimization) para posicionar a sua página no Google. O investimento em anúncios como o Google AdWords também é uma ação fundamental para aumentar a visibilidade do site.

É importante ressaltar que não existe Inbound Marketing sem o marketing de conteúdo. A produção de conteúdo de valor é um pilar essencial para que a estratégia funcione e gere resultados expressivos. Afinal de contas, para atrair tráfego, é preciso produzir materiais com frequência.

Sendo assim, investir na criação da sua persona é um pré-requisito para entender o comportamento do seu potencial comprador e produzir conteúdo relevante para ele. Caso contrário, você será apenas mais uma empresa que cria mais do mesmo — e isso definitivamente não contribui para o aumento do seu ROI.

Conversão

Para identificar as pessoas que estão entrando no seu site, é preciso apostar na geração de leads. Dessa forma, é preciso criar materiais ricos, como e-books e templates, para que o consumidor disponibilize as suas informações de contato em troca dessa recompensa.

É nessa parte que entra a criação das chamadas landing pages (páginas de captura) para coletar esses dados e fornecer o conteúdo às pessoas. Também é preciso utilizar algumas chamadas para ação em todo o site, estimulando o seu público a baixar o material ofertado.

Relacionamento

Depois de conseguir o contato dessas pessoas, é interessante criar um relacionamento com elas por meio do e-mail marketing. Ou seja, é interessante divulgar os posts novos, do seu blog – através das redes sociais por exemplo -, anunciar lançamentos, ofertar descontos por e-mail e observar as interações.

Com o apoio da tecnologia, será possível perceber o nível de afinidade dos consumidores com cada conteúdo enviado. Assim, a empresa começa a pontuar as pessoas que estão mais próximas de serem abordadas pela equipe comercial.

Vendas

Depois de classificar quem está mais perto do momento da compra, o time de marketing precisa enviar essas informações para o time de vendas. Desse modo, a abordagem será muito mais pessoal e, portanto, efetiva, já que o vendedor entende o momento em que a persona está e oferece o que ela precisa.

Como podemos perceber, o marketing digital é uma tendência que veio para ficar e as marcas que ainda não descobriram o seu poder já saíram perdendo. Portanto, planejar a sua estratégia é o melhor caminho para começar a trilhar a jornada do sucesso!

Ainda tem dúvidas sobre o que é Inbound Marketing e como aplicá-lo de forma lucrativa? Fale com a gente e deixe o seu comentário aqui no post!

Deixe um comentário